Segurança

Portaria e Controle de Acesso

Grupo unitime
Escrito por Grupo unitime em abril 23, 2020
Portaria e Controle de Acesso

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

portaria e controle de acesso

Portaria e Controle de Acesso

Portaria e Controle de Acesso. O controle de acessos é um controle de segurança tão essencial que é até mesmo difícil de imaginar como uma organização teria condições de continuar funcionando sem ele.

Daí a importância de se estabelecer na organização uma política de controle de acessos, que deve estar de acordo com os requisitos de negócio e de segurança anteriormente definidos.

A portaria do condomínio é a porta de entrada por onde transitam tanto moradores quanto visitantes e prestadores de serviço. Exatamente por isso, esse local deve receber atenção redobrada.

O porteiro é o profissional que controla a entrada e a saída das pessoas, cuida das correspondências e dos bens do condomínio.

O acesso é restrito para as pessoas em certas portas ou áreas. As restrições podem ser para porta ou área, e você pode cruzar agendas. Os níveis de acesso são utilizados a partir de pequenos projetos e uma única porta para grandes projetos com centenas de portas. Por natureza, quanto maior o projeto, mais complexo será os níveis de acesso.

Os sistemas de controle de acesso realizam autenticação de identificação e autorização de usuários e entidades, avaliando as credenciais de login necessárias que podem incluir senhas, números de identificação pessoal (PINs), verificações biométricas, tokens de segurança ou outros fatores de autenticação.

Antes de ser registrado para acesso a um serviço, rede ou sistema, todo usuário precisa de uma autorização formal concedida pelo gestor daquele recurso, que deverá analisar cuidadosamente o nível de acesso necessário à realização do trabalho em questão.

Em seguida, ele atribui ao usuário um perfil de acesso que seja mais adequado às suas atividades, sendo que cada perfil possui diferentes direitos de acesso.

O nível de controle de acesso influencia diretamente no surgimento dessas ameaças, afinal os inimigos externos (malware, vírus e outras pragas virtuais) só atingem os computadores quando encontram uma brecha, geralmente criada pelo mau uso da tecnologia por parte de colaboradores.

Entende-se por autenticação o procedimento, composto de duas etapas, ao qual se determina se o usuário está permitido a acessar o sistema. Todos nós estamos habituados a passar por mecanismos de autenticação, como, por exemplo, ao acessar a conta de e-mail ou internet banking.

A autenticação pode ser aplicada de várias maneiras. O que levará à definição do mecanismo mais adequado é o fator de autenticação, isto é, se o acesso será liberado de acordo com o que o usuário é, possui, conhece ou está.

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *